Livro Livre Curió – Biblioteca Comunitária: a leitura transformando a realidade da comunidade

Este slideshow necessita de JavaScript.


Democratizando os livros e incentivando a leitura, a Biblioteca Comunitária – Livro Livre Curió faz que a imaginação dos moradores voe para novos horizontes. O poeta, produtor cultural e também morador do bairro, Talles Azigon, perto do seu aniversário, pediu aos seus amigos para ganhar livros pra construir um ponto de leitura em sua casa, inspirado no trabalho de Anita Moura. Como a ideia teve um bom resultado, o ponto de leitura se transformou na Primeira Biblioteca Comunitária – Livro Livre, do bairro Conjunto Curió.
Após sete meses, a Biblioteca Comunitária – Livro Livre Curió recebe em média 700 visitantes por mês e diversas doações realizadas pelos próprios moradores da comunidade e até de outras. Através dessas doações, o projeto se expandiu e se transformou em um excelente incentivo para a nossa juventude. Começou com apenas uma estante de livros e atualmente, já acomoda três, além de disponibilizar livros, ela dispõe de cds e dvds, e também realiza todo final de semana ações com jogos de tabuleiro para as crianças e adolescentes.
Segundo o estudante e também frequentador da biblioteca, Juan Dantas, a ideia da biblioteca é legal, já que no bairro não existia um espaço de leitura com um acervo atual e com livros que interessa a juventude.
Estando de portas abertas para receber qualquer pessoa que deseja participar doando ou adotando um livro, cds e dvds, a biblioteca não tem cadastro, prazo de entrega e nem horário de funcionamento.

Incentivo
Participando da 4° Chamada Pública Educar para Transformar do Instituto MRV, a biblioteca ganhou incentivos para seguir com o seu trabalho, por ser um projeto social que por meio da educação, resolve problemáticas locais e contribui para o desenvolvimento sustentável da comunidade.

Livros Livres

Deixando os livros ocuparem novos ambientes. Apaixonada por livros, a psicologa e contadora de história Anita Moura sentiu-se motivada pelo trabalho de Luiz Amorim que fez uma revolução cultural em Brasilia, criando a biblioteca livre. Com um perfil no instagram e muitas ações na prática, Anita começou a organizar os livros e preparar para libertá-los em lugares estratégicos, um desses locais de compartilhamento foi petshop. Recebendo apoio do petshop, começou a forma-se a Garrateca, que é um projeto é um projeto de incentivo à leitura, desde então, clientes e principalmente funcionários redescobrem o hábito da leitura.

O perfil Livro Livre.ce inspira seguidores a espalhar livros, fazendo eles tomarem novos horizontes.

Serviços

Biblioteca Livro Livre Curió
Rua George Sosa, 109, Conjunto Curió
Contatos: (85) 981543909 ou no Facebook: Livro Livre Curió – Biblioteca Comunitária

Livro Livre Ce

Instagram: @livrolivre.ce Email: livrolivre.ce@gmail.com

Anúncios

Floresta Do Curió – Uma entidade antiga que canta com os pássaros e dança com as árvores

“Acredito cada vez mais na floresta e nos campos e na noite que faz as sementes crescerem”, disse Henry David Thoreau (1817-1862) em seu livro A arte de caminhar. O poeta ianque, escritor, considerado um dos primeiros ecologistas da modernidade, conhecido também por uma outra obra, igualmente ousada, A desobediência civil, nos convoca a existir de modo mais pleno no mundo, experimentado-o através de passeios livres por trilhas, bosques, florestas.

150 anos depois de Thoreau, nossas cidades são espaços cada vez menos caminháveis. Os bosques e as florestas, reduzidas e difíceis de encontrar. Em nosso caso, a história se inverte, temos o privilégio de vivermos ao lado de uma floresta, a Floresta do Curió.

Um dos últimos vestígios de mata atlântica de Fortaleza, a Floresta do Curió é uma ARIE

Área de Relevante Interesse Ecológico, um território de pequena extensão, com pouca ou nenhuma ocupação humana, protegida por suas características naturais ou por abrigar exemplares da fauna e da flora de uma região.

Funcionando de Terça a Domingo, de 06:00 h às 15:00 horas, nossa ARIE é a primeira instituída no Estado do Ceará, abriga 92 espécies animal, possui uma vegetação densa, nativa, tem clima muito agradável, espaço pra trilhas, picnic, parquinho infantil. Ainda conta com um Centro de Referência e Informações Ambientais (CRIA).

Administrada através de uma gestão compartilhada entre a SEMA e o Instituto Natureza Viva, possui um núcleo gestor formado por diversas pessoas da comunidade do entorno. As visitações são gratuitas, é possível fazer trilhas, exercícios físicos; na entrada temos uma academia. A Floresta é toda sinalizada, inclusive com catalogação de espécies e da vegetação, fruto de uma parceiria com o SESC e com a Escola Liceu do Cerá, o Projeto Aflorar.

O que é que a floresta tem?

Essa é uma pergunta recorrente, principalmente para as pessoas que moram longe da nossa comunidade. A resposta poderia ser subjetiva, paz, afeto, encontros, beleza, informação, conhecimento, cultura, seriam todas resposta coerente para com esse ambiente incrivelmente lindo, verde, pulsante. É como se fosse uma deusa antiga teimando em existir, e sorrindo.

Outras respostas também seriam interessante, nossa Floresta, eu digo nossa, pois ação coletiva é uma outra de suas características principais. Sob o teto de folhas musicalmente balouçantes acontecem atividades como o já citado Projeto Aflorar; o projeto Livro Livre, que conta com uma geladeira doada pela Transforme Coworking, repleta de livros da Livro Livre CE e Livro Livre Curió Biblioteca Comunitária; A Vadiação na Flores, onde o  Projeto Cultural Axé Malungo, além de promover uma roda de capoeira, ainda trás informações de filosofia e cultura africana; o programa Parque Escola, da Secretaria de Educação do Ceará, ação com alunos e alunos da rede de ensino público do Ceará que mistura as disciplinas escolares com a vivência e a educação ambiental dentro e fora da Floresta; a Literatura na floresta, todo último domingo do mês, promovido pela Livro Livre Curió Biblioteca Comunitária, trazendo sempre pessoas e temas costurado à literatura, debaixo da imensa copa do visgueiro de frente ao CRIA, dentro da Floresta, além de todas as datas comemorativas promovidas pela ONG Fonte da Vida, como o São João do Curió na Floresta e a Semana da Criança.

Seguro, sinalizado, com movimento contante de pessoas fazendo atividades físicas, até crossfit, a Floresta do Curió tem tudo para estar dentro de Lugares imperdíveis de se conhecer no Estado do Ceará.  Abaixo vejam o convite da Gestora Janet Girão para todas e todos vocês e também algumas fotos minhas, cobrindo a estrutura por dentro e por fora da Floresta.

Como Chegar

 O endereço da Floresta do Curió é  Av. Professor José Arthur de Carvalho, 644-1002 – Lagoa Redonda (Curió), Fortaleza – CE, 60831-370.

Para chegar de ônbius do Terminal da Messejana você tem as seguintes opções, Lagoa Redonda Direita, Curió, Messejana Curió, Abreulândia Direita, Messejana Sabiaguaba Direita. Descer na parada da Naturágua.

Mais informações: (85) 3101-5550